U.S.A.

BLOG

 

PEGADA ECOLÓGICA

Ao olhar um tênis de corrida,  uma Havaiana, ou uma alpargata, pense em Petróleo.  Alguns calçados podem até usar algodão, que por si só já é biodegradável, couro ou uma pequena porcentagem de látex natural. Mas provavelmente o que você acaba calçando é  feito de uma combinação de químicos derivados de hidrocarbonetos.

36 porcento do peso total de um tênis de corrida,  incluindo a embalagem são compostos por dois produtos sintéticos a base de  petróleo : o poliéster e poliuretano.

Estes químicos são responsáveis por 57 porcento das emissões de carbono geradas por este produto. Desde  sua extração da natureza até sua distribuição, as emissões geradas por este simples par de tênis de corrida é equivalente ao uso contínuo de uma lâmpada de 100kw por mais de uma semana.

Petróleo

Poliuretano

 

Espuma de Poliuretano, usada no cabedal do calçado, extramamente flamável gerando calor elevado e uma densa fumaça negra e gases que são tóxicos*

Poliéster

 

Poliéster representa quase 11% do peso total do tênis de corrida.

 

Em 2050 haverá mais plástico do que vida marinha no Oceano ..

O IMPACTO AMBIENTAL

 

De acordo com um relatório lançado pela Fundação de Ellen MacArthur no Fórum Econômico, novos plásticos irão consumir 20% de toda extração e produção de Petróleo nos próximos 35 anos, um aumento de 5%.

 

A produção de plásticos tem aumentado em quase vinte vezes desde 1964, chegando a alcançar 331 milhões de toneladas em 2014, explica o relatório. A expectativa é que esses números dobrem nos próximos 20 anos e quadruple até 2050. Mesmo com o aumento da demanda, somente 5% desse plástico é reciclado de forma efetiva, enquanto 40% acaba nos lixões e aterros, e um terço no nosso frágil eco sistema como o oceano.

OS DANOS IMENSURÁVEIS

 

O estudo que foi publicado a um ano atrás, divulgou que mais de 5 toneladas de fragmentos de plástico estão flutuando no Oceano, muitos com apenas 5mm de comprimento.

 

Estes itens proporcionam um grande risco aos animais marinhos e até as aves que por engano as consomem em grandes quantidades, causando a sua contaminação e até a morte. Os cientistas também confirmaram um número imensurável de pequenos fragmentos  que acabam afundando, cobrindo o fundo do oceano. Os efeitos ambientais e de saúde é ainda desconhecido, concluindo que a indústria de fabricação de plásticos tem falhado significantemente  ao prevenir esse grave problema. Nossa missão é criar uma nova funcionalidade a esse material e reduzir esse futuro tão incerto.

UMA ABORDAGEM SUSTENTÁVEL

 

 

As maiores soluções tecnológicas do mundo são encontradas na natureza. Tecido de teia de aranha, uma tênsil força cinco vezes maior que o aço, por exemplo, e bambu pode suportar mais peso que tijolo ou concreto.

 

Na Joya acreditamos em trazer a performance excepcional do mundo natural para seu calçado. Nossos materiais são cuidadosamente selecionados para oferecer o melhor em conforto, isolamento de calor e durabilidade, e promovem uma economia circular ao optar por tecidos reciclados a base de PET, alimentando assim a cadeia de reciclagem de resíduos na nossa comunidade e meio ambiente.

 

Tecidos a base de PET Reciclado

Nosso ECOJEANS são feitos com garrafas Pet, trabalhando com um índice zero de resíduos, usando materiais  100% ecológicos, reciclados e autosustentáveis. Para cada metro linear tecido, 3 garrafas são eliminadas do lixo.

Tecido feito a mão

Tecido feito pelas tribos indígenas do Norte do Ecuador e vendidas no famoso mercado de Otavalo. A lã é tingida sem o uso de pesticidas, alvejantes ou tingimentos tóxicos, uma tradição passada de mãe pra filha.

Sola de Borracha reciclada

Borracha triturada do excedente da indústria calçadista e reciclada, diminuindo os traços de sua linha de produção e ao mesmo tempo gerando um material de alta durabilidade.

Fibra de coco reciclada

As fibras de coco variam em tamanho e espessura, ao serem combinadas com latex natural criam "bolsas de ar" que reagem ao peso, calor e movimento do seu corpo, fazendo com que ela se molde suavemente ao formato do seu pé.

PEÇAS ÚNICAS

 

 

Um dos maiores problemas do lixo industrial é eliminado a partir do momento que cada calçado é feito especificamente para cada individuo. Este método evita a produção excessiva, o que resulta em itens não vendidos e não utilizados: um importante passo em nossa missão é criar uma cadeia de desperdício zero, minimizando a poluição causada pelos chinelos descartáveis de borracha,  que por seu baixo custo, acaba sendo um produto comprado por mais de 3 biliões de pessoas por ano, sendo que seu tempo de duração antes de serem descartados é de mais ou menos 2 anos. Esse resíduo muitas vezes vai parar no oceano, que com suas correntes os levam para a costa do Kenya, pondo em riso a vida marinha da região.

 

ECONOMIA CIRCULAR

 

Nos comprometemos em usar componentes naturais  e da melhor qualidade, de fontes renováveis e de baixo impacto ao meio ambiente sempre que possível.

 

Todos nossos materiais naturais são de fontes renováveis ou recicladas, após descarte e reciclados para diminuir seu impacto na natureza, em média mais de 800 toneladas de coco são descartados no litoral Brasileiro, chega a ser mais de 90 por segundo, que acabam sendo contaminados pelo lixo ao ser coletado por falta de incentivo do Governo na reciclagem. Evitamos todos os tipos de pesticidas, alvejantes ou tingimentos tóxicos na fabricação de nossa matéria prima. Utilizamos somente algodão orgânico em nossos tecidos, nosso couro sintético e livre de cromo.*

 

* elemento metálico nocivo ao meio ambiente.

CALÇADO ÉTICO

 

A indústria moderna de calcados tem causado danos de diversas formas, com o ritmo do crescimento acelerado do mercado da moda, aumentamos o índice de consumo e consequentemente nos desfazemos deles mais facilmente. Fabricantes de pequeno porte, ou artesãos tem perdido espaço para produções industrializadas, optando por matéria prima sintética de baixo custo, fazendo com que, em média, um individuo  jogue fora 3 pares de sapato por ano.

 

Nossa missão é desafiar esta tendência de consumo excessivo de materiais a base de petróleo e produção em massa. Acreditamos que calçados devem ser uma extensão de você, que faça lhe sentir bem e sejam feitos para durar. Feito com amor por pessoas que se preocupam com o futuro do nosso planeta, respeitando os trabalhadores envolvidos  sem abrir mão do seu estilo único.

 

Nossos calçados são produzidos por artesãos  em Duque de Caxias no Rio de Janeiro, em parceria com a  Subsecretaria de Desenvolvimento  da Prefeitura de Duque de Caxias, que estimula o micro empreendedor e fabricantes de pequeno porte.

 A Coleção Galápagos

CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL

 

A sustentabilidade deve, cada vez mais, ser vista como parte do processo global das cadeias produtivas em todos os setores. É por isso que a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) e a Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couros, Calçados e Artefatos (Assintecal), criaram o Programa Origem Sustentável para empresas da cadeia produtiva do calçado.

 

Por conta disso, o Origem Sustentável certifica empresas de moda conscientes em relação ao social, econômico, cultural e ao meio ambiente. E controla constantemente o cumprimento das iniciativas exigidas por cada selo. Nossos fornecedores contém um ou mais selos do IBB.*

 

*O Programa Origem Sustentável promove o alinhamento das indústrias de calçados e componentes nacionais com iniciativas globais de sustentabilidade, potencializando as exportações brasileiras e cuidando do meio ambiente.

Submitting Form...

The server encountered an error.

Form received.

OUR PRODUCTS

OUR STORY

ONLINE STORE